Bafo de cebola? Resista a este prato, se for capaz!

A Cozinha é Nossa? É!

Claro que as mulheres têm seu espaço… Lavando a louça depois…

(Brincadeira, meninas, brincadeira…).

Hoje começo a abrir esse espaço, que era pra ser essencialmente masculino, para as mulheres. E começo com uma corajosa mulher que abandonou o hábito da carne: Denise Rangel. Denise, além do blog pessoal, o Sturm und Drung, desenvolve os projetos Roda de Leitura e Decoração Sustentável, escreve no Ecoblogs e é minha parceira no Faça a sua parte.

Denise, nesse post (e em outros) fala da sua vitória sobre a carne. Apesar de ser carnívoro ao extremo, gosto de cebolas. E, contestando o título do post (que é título do post dela) tô me lixando pro “bafo de cebola”.

Mas vamos à receita (fotos do passo a passo, no original, aqui):

Gostou? Tem receitinha no final :)

Comer cebolas não é um hábito muito cultivado, por conta do forte cheiro que deixa o hálito impregnado. Embora haja maneiras mais agradáveis de degustá-las, ainda assim, a pobrezinha é injustamente preterida.

O fato é que a cebola tem muito poder. Ela  é tiro e queda para combater micróbios, verrugas, prisão de ventre e até insônia.  Cardiologistas e nutricionistas garantem seus efeitos terapêuticos e antiinflamatórios,  por ser  um alimento rico em flavonóide, um antioxidante que age contra os radicais livres, grandes responsáveis pelo envelhecimento precoce, e  diminui a oxidação das placas de gordura nas artérias, prevenindo doenças cardíacas.

O famigerado bafo

Quando se cogita em comer cebolas, a primeira ideia que nos ocorre é seu cheiro característico e desagradável. Qual a solução, então, para a halitose – o famigerado bafo – que atormenta quem gosta dessa deliciosa iguaria?  Um segredinho é cortá-la bem fininha e consumi-la com salsinha para eliminar o mau-hálito. “Ah, mas ainda tem o problema do cheiro nas mãos”, vocês dirão. Este é fácil de resolver: basta esfregar as mãos em borra de café.

Há um outro truque, para os menos apressadinhos (o que não é meu caso), que consiste em escaldar as cebolas em água fervendo e deixá-las nessa água por 2 minutos. Em seguida, escorrê-las e descascá-las sob água fria. Confesso que não tenho paciência para tanto.

Os paliativos para perfumar o hálito, após comer cebolas, são muitos. Um deles é morder uma ou duas fatias de limão bem salgado. Já imaginaram? Após comer aquela salada deliciosa e acebolada, peça ao garçom um limão cortado em fatias, passe-as no sal e mande ver. Alguém já tentou esta façanha?

Cebolas fritas – o segredo

Brincadeiras à parte, sejamos justos: com bafo ou não, as cebolas são deliciosas! E, para ilustrar este post e deixar todos com água na boca,  vou contar o segredo do preparo destas maravilhosas cebolas fritas:

  • Primeiro, deve-se cortar uma cebola grande em fatias muito finas. Em seguida, aquecer 2 xícaras de manteiga e despejar sobre as cebolas. Depois, misturar 2 colheres de sopa de vinagre branco em 2 xícaras de leite e despejar sobre as cebolas em tiras. Deixar repousar por pelo menos uma hora.
  • À parte, misturar 2 xícaras de farinha de trigo e 1 colher de sopa de sal, em uma tigela. Se preferir,  acrescentar pimenta  moída (eu dispenso a pimenta).
  • Aquecer 1/2 litro de óleo de canola em uma panela, a uma temperatura de [o post original se dá ao preciosismo de colocar um termômetro na frigideira. Deixa eu falar: frescura de gente que fala outra língua. Dá uma olhada no óleo e pronto. Quere queiras, quer não queiras, ele vai esquentar…]. Passar punhados de anéis de cebola na mistura da farinha, mergulhá-los no óleo e fritá-los até ficarem douradinhos. Em seguida, coloque-os para escorrer em papel toalha.
  • Finalmente, devore-os, sozinhos ou acompanhados. Nham, nham..

Bafo de cebola? Resista a este prato, se for capaz! Depois, aproveite para testar um dos truques sugeridos para acabar com o famigerado!  :)

Foto: Mike Saechang

Dica minha: nunca deixe de comer cebola ou alho por causa do “bafo”. Se fores a uma reunião depois de comer cebola, faça o que de melhor pode ser feito em reuniões: fique de boca fechada. Se for cantar uma mulher, faça o que de melhor deve ser feito com mulheres: escolha uma que goste de cebola.

E dane-se o “bafo”!

Anúncios

~ por Luiz Afonso Alencastre Escosteguy em 31/07/2010.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: